Metallica: All That Matters - A História Definitiva

5 de fev de 2014



"Metallica: All That Matters - A História Definitiva" foi lançado lá fora em 2010 chegou em nosso país em 2012, nas minhas mãos em 2013 e aqui no CAFÉ COM ÓCIO em 2014. Porém, todo esse tempo entre o lançamento e essa resenha não traz grande importância. Já que mesmo passados praticamente quatro anos desde que essa biografia foi lançada, pouca coisa aconteceu na vida do METALLICA. De lá para cá nenhum álbum de estúdio foi lançado,entretanto nesse período ocorreu a formação do Big Four - e isso seria interessante de saber como aconteceu, de fato. Mas a obra do jornalista britânico Paul Stenning não é afetada por isso, já que a banda tem muita, mas muita história para ser contada nesses 30 anos de estrada.

Já que o citamos, vamos aproveitar para falar um pouco sobre o autor. Stenning já lançou 24 livros, incluindo trabalhos sobre AC/DC, IRON MAIDEN, GUNS N ROSES, entre outros, incluindo aí uma obra sobre a história do thrash metal. Além disso, colabora há mais de 15 anos com diversas revistas de música dos EUA e da Inglaterra, como as conceituadas "Rolling Stone" e "Metal Hammer".

"Metallica: All That Matters - A História Definitiva" é uma biografia não oficial sobre a banda, o que significa tanto coisas boas quanto ruins.  Não ser oficial traz consigo o fato de que não tenha sofrido censura por parte dos músicos, produtores ou outras partes envolvidas na história. Mas por outro lado significa que pode não ser 100% verdadeira, deixando brechas para que o autor possa usar algum tipo de licença poética, na melhor das hipóteses. Entretanto, não vi durante a leitura nada que possa ser absurdo demais para não poder estar publicado e nem fantasioso demais para ser invencionice.

Bom, vamos falar do que realmente interessa, que é a biografia do METALLICA. O livro traz toda a história da banda desde sua formação até o lançamento do disco "Death Magnetic" em 2008 e a indicação do grupo para o Hall of Fame um ano depois. Aliás, a obra começa antes mesmo de a banda existir, contando desde a infância dos músicos, principalmente James Hetfield e Lars Ulrich.  Usando como fonte depoimentos dos próprios membros da banda, além do amigo Fred Cotton, familiares e de Leah Storkson, namorada de Hetfiled nos primórdios do METALLICA. 

Particularmente, gostei bastante dessa biografia. O livro conta em detalhes o começo do grupo e toda a evolução aos longos dos anos, desde musicalmente até na personalidade e modo de pensar dos integrantes em relação a banda e também em suas vidas. Passando pelos problemas com Dave Mustaine e a conturbada passagem de Jason Newsted, que parecia não ser totalmente aceito pelos membros remanescentes. A batalha de Hetfield contra alcoolismo, os processos contra o Napster, a trágica morte de Cliff Burton, entre muitas outras coisas.  

Mas o que mais gostei na obra foi que ela é bastante focada na parte musical da história, o que os membros do METALLICA pensavam em relação aos discos na época em que os estavam gravando e como surgiu algumas músicas e letras. Saber como a banda surgiu é legal, mas saber sobre as músicas, gravações e discos é muito mais legal. 

Barista: Carlos Eduardo Garrido

Leia também:





0 comentários:

Postar um comentário

 
Café com Ócio | by TNB ©2010